Associação de Criadores do Porco Alentejano

Associação de Criadores do Porco Alentejano


A Associação de Criadores de Porco Alentejano, com sede em Ourique, foi formada a 9 de Abril de 1990 (DR – II Série n.º 156, de 09/07/1990), por um grupo de suinicultores que se agrupou com o objectivo de defender os seus interesses colectivos, promovendo e organizando a actividade suinícola extensiva da Raça Alentejana. Actualmente, a ACPA, conta com um total de 369 associados entre os quais 185 produtores de Porco Raça Alentejana distribuídos pela zona de influência que integra concelhos localizados no Alentejo Litoral, Baixo Alentejo, Barlavento Algarvio e Sotavento.


Zona de influência da ACPA

Desempenha diversas actividades ligadas ao sector do Porco Alentejano e à actividade agrícola em geral, dispondo de uma grande panóplia de serviços e de uma equipa técnica especializada em Porco Alentejano.

Morada:

Rua Armação de Pêra, Nº 2
7670-259 Ourique,
Beja

Telefone:

286 518 030
Fax 286 518 037

Endereço de Email:

acpaourique@gmail.com

Serviços


Assessoria Técnica
Livro genealógico
Marketing
Outros Serviços
Porco Alentejano

Desde a Constituição de Carteiras de Montados e de “Primales” com vista à melhoria da rentabilidade dos produtores e dinamização dos montados à assessoria técnica e científica aos produtores de Porco Raça Alentejana (apoio à instalação, produção, montanheira, colocação em reposição e apoio na comercialização), passando pela disponibilização de Serviços Veterinários, Registo de Nascimentos e apoio na pré-selecção de reprodutores candidatos a Registo Definitivo, a ACPA, disponibiliza ainda, o serviço de recepção e elaboração de candidaturas ao Pedido Único, é Posto de atendimento informático de SNIRB e SNIRA, promove cursos de formação dirigidos aos agricultores no âmbito da legislação em vigor e é dinamizadora do Gabinete de Desenvolvimento Rural resultante de um protocolo com Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas com o objectivo de garantir os serviços da competência deste Ministério. É ainda responsável pela dinamização, promoção e divulgação de vários eventos ligados à raça de Porco Alentejano e produtos derivados que advém do seu trabalho de defesa da raça e de Entidade Gestora dos nomes protegidos, Presunto de Barrancos DOP, Carne de Porco Alentejano DOP, Presunto ou Paleta de Santana da Serra IG, Presunto ou Paleta de Campo Maior e Elvas IG e Presunto ou Paleta do Alentejo DO.

Corpos Sociais


Assembleia Geral

José António dos Santos Romana (Presidente)
José Manuel Nogueira Palma e Sousa
António Francisco Loução Ledo Braz

Direcção

Nuno Manuel de Brito Nobre Faustino (Presidente)
António Martins Fernandes Montes
David Alexandre Pires de Sousa Guerreiro
José Luis Ferreira Vilhena Nobre
Duarte Nuno Salvador Simões
Daniel dos Reis Fernandes Montes
Antónia Maria Jacob Braga Nobre

Conselho Fiscal

Manuel Nobre de Brito Sobral Vilhena (Presidente)
António Francisco Vilhena Loução Amaro
António Eduardo de Matos e Mestre

Localização